General Heleno deu o recado, paciência tem limite e consequências imprevisíveis poderão acontecer

Uma Nota à Nação brasileira e um aviso ao sistema corrupto, Bolsonaro não está sozinho

Atualizar

Veja a nota do General Heleno à nação brasileira


Até que enfim apareceu alguém com coragem para avisar aos seres supremos e intocáveis do STF e a ditadura do judiciário que eles não são reis e nem semideuses para fazerem o que querem. Obrigado General Heleno! Um grito de autoridade se fez ouvir, os corruptos tremeram na base. Para um bom entendedor meia palavra basta, paciência tem limite e ainda somos uma democracia, como já falou o Presidente da República, “Faremos valer a Constituição Federal”, o povo foi as urnas e elegeram Bolsonaro e ele é o Presidente do Brasil.

O STF(Supremo Tribunal Federal), na pessoa do Ministro Celso de Mello, determinar a apreensão do celular do Presidente sem motivo algum é uma vergonha, enquanto isso, o aparelho telefônico do Adélio Bisbo está protegido a sete chaves, onde está os vídeos secretos do PT e onde estava o Supremo quando o Brsail foi saqueado por 13 anos? Está claro a interferência do STF no poder Executivo.

General Heleno, através de uma nota à nação brasileira, critica o pedido do ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, à Procuradoria Geral da República de busca e apreensão do celular de Bolsonaro para uma perícia e deixa claro que as consequências serão imprevisíveis se comprometerem a harmonia entre os poderes.