Triste fim da Dep. Janaína Pascoal na política

Janaína Pascoal, de forma desnecessária e covarde apunhala quem um dia lhe estendeu a mão

Atualizar



Janina pede afastamento do Presidente Bolsonaro e clama por Mourão

A Dep. Estadual Janaína Pascoal, esquecendo que Bolsonaro tem o apoio de quase 70 milhões de eleitores, fez um discurso sem fundamento, desconexo e transpirando ódio, afirmou que está arrependida de ter votado no Bolsonaro, e pediu que ele seja afastado da presidência. A Deputada acusou o Presidente de ter cometido crime doloso ao cumprimentar apoiadores nas manifestações do dia 15/03, acrescentou que Mourão está mais preparado.

A Deputada Janaína deixou cair a máscara, escancarou de vez sua posição, deixando claro de qual lado está, só lembrando que um dia Bolsonaro lhe estendeu a mão, quando a convidou para o segundo maior e importante cargo do país, sempre a respeitou e de certa forma Janaína surfou na onda Bolsonaro e enganou milhares de brasileiros, veja abaixo um trecho do discurso desequilibrado da deputada:

"Nós não podemos correr o risco de ficar de mãos atadas e olhar para trás daqui a 15 dias e saber que as pessoas estão morrendo, sem que precisasse chegar a esse ponto, isso é homicídio doloso! Quando as autoridades têm o poder-dever de tomar providências para evitar um resultado danoso e assim não procedem, elas respondem por esses resultados, isso é homicídio doloso! Vai ser atribuída ao governador do Estado de São Paulo, vai ser atribuído ao presidente da república, principalmente ao presidente da república, porque o que ele fez ontem é inadmissível, é injustificável, é indefensável, crime contra saúde pública desrespeitou à ordem do seu ministro da saúde.

Tem gente pedindo para Mandeta sair, não façam isso, Mandeta está trabalhando bem, temos que manter os bons profissionais nos cargos estratégicos, esse senhor tem que sair da presidência da república, deixa o Mourão que entende de defesa, o nosso país está entrando numa guerra contra um inimigo invisível, deixa o Mourão que é treinado para defesa conduzir a nação, não tem mais justificativa! Como um homem que está possivelmente infectado vai para o meio da multidão? Como um homem que faz uma live na quinta e diz para não ter protestos, vai participar destes mesmos protestos e manda as deputadas, que são paus mandados dele convocar a população".