No confronto com Moro, Bolsonaro sai gigante e com a divulgação da reunião ministerial Bolsonaro se reelege

Conteúdo da reunião ministerial não era bomba e sim um traque, fortalece Bolsonaro e pode, reelegê-lo no 1º turno em 2022

Atualizar


Presidente Bolsonaro rebate as acusações do Moro, sai fortalecido e com a divulgação da reunião ministerial aumenta sua popularidade e patriotismo

O presidente Bolsonaro é forte e aguenta pressão, nem a saída mo Ministro Moro conseguiu abalar sua estrutura política e sua popularidade, o homem é um fenômeno inexplicável, e a bomba que a esquerda esperava no vídeo da reunião ministerial não passou de um traque, nada que prejudique o Presidente, pelo o contrário, mostrou o quanto ele é patriota e luta pelo povo brasileiro.

Bolsonaro só cresce, agiganta-se e faz internautas levantarem várias hashtags, como: #BolsonaroReleito #FechadoComBolsonaro, #JuntosComBolsonaro, #MoroTraidorDaPatria e #MoroTraidor, #SomosTodosBolsonaro, #FechadosComBolsonaro e #AmoMeuPresidente.

Segundo Sérgio Moro, sua saída do Ministério da Justiça aconteceu por que não concordava com a troca do Diretor da Pólica Federal(PF) Valeixo, por exigência do Presidente Bolsonaro, insinuando que o Presidente estaria interferindo nas investigações e que o vídeo secreto da reunião era prova contra Bolsonaro.