Teste Anal para detectar coronavírus

A China está recorrendo a testes retais para detectar a Covid-19

Atualizar

Mais de mil crianças em idade escolar e professores foram testados em Pequim pelo ânus



Vários sites publicaram essa notícia após ser confirmada pelas autoridades chinesas ao canal estatal CCTV, que explicaram que foram colhidas amostras anais de residentes em bairros da capital onde foram confirmados casos de Covid-19, na semana passada. O Médico Li Tongzeng, do hospital You'an em Pequim, afirmou à CCTV que o teste retal "aumenta a taxa de detecção de pessoas infectadas" porque o coronavírus permanece mais tempo no ânus do que no trato respiratório.

Apesar de constrangedor, não é opcional, se os profissionais de saúde entender que você precisa fazer o teste anal, vai ser sem aviso prévio mesmo, a triagem retal tem sido aplicada em várias pessoas  de risco, viajantes vindos do estrangeiro, crianças e Professores.

   

Na segunda-feira (25), passageiros de um voo de Changchun (capital e maior cidade da província de Jilin) para Pequim foram obrigados a desembarcar e levado para um hotel, onde profissionais de saúde coletaram amostras de nariz e do ânus.

Nas redes sociais, chineses têm reagido aos testes. "Não é muito doloroso, mas é super humilhante", afirmou um usuário da rede social Weibo.

   

Testes em crianças e Professores

Em Pequim  mais de mil crianças em idade escolar e professores foram testados pelo ânus, pela garganta e pelo nariz na semana passada, além de fazer o teste de anticorpos, segundo a Bloomberg.